Existe vida social além da Igreja?

E mais uma pergunta existencialista-cristã surge...

Existe vida social além da Igreja?
Quando comecei a freqüentar a Igreja (há uns 5 anos) vinha somente aos domingos, no culto das 16 horas porque acabava mais cedo e me dava a chance de ir pro clube logo depois. Então, os anos se passaram e naquela animação comecei a procurar “coisas pra fazer” a cada dia da semana. Resultado: passo cerca de 10 horas por dia na Igreja trabalhando (tenho certeira de trabalho assinada como designer), tendo ensaios, participando de reuniões e assistindo aos cultos (onde gasto menos tempo).

Então, me veio à mente: existe vida social além da Igreja?
Meus amigos estão lá dentro.
É o lugar que mais freqüento.
É onde a maior parte dos meus compromissos acontecem.

É... Acho que não existe no meu caso.
Tento conciliar as duas coisas, mas de uma forma ou de outra elas acabam se entrelaçando. É uma tarefa difícil e pouco eficaz. Pra se ter idéia, às segundas, terças e quartas estou ficando na Igreja de 8 da matina até às 10 da noite.

Férias? Elas vencem no mês que vem, mas com a Conferência do Diga ao Mundo chegando isso se torna impossível de acontecer.

Não é a toa que ouço todos os dias:
SEU DESCANSO É NO CÉU!

4 comentarios:

JB disse...

Você, assim como eu e a maioria dos cristãos tentando separar vida na igreja da vida "real"...
Já me senti muito carregado pelas responsabilidades na igreja, ainda ouvindo falarem que eu fazia pouco e devia fazer mais. Eu estava no coral, no louvor, na liderança dos jovens... Por isso não coneseguia fazer nada direito.
Uma hora enxerguei que não tenho obrigação de fazer tudo que se tem pra fazer na igreja. Isso explica a maioria das pessoas estarem sentadas no banco enquanto eu estava fazendo alguma coisa.
Saí. Estou só com a equipe de louvor. Minha vida e minhas responsabilidades melhoraram. Descobri que posso louvar a Deus e cumprir o chamado dEle trabalhando e estudando. Simplesmente vivendo, assim como os peixes e os carcajus.

Ricardo [DIVERSITÀ] disse...

Não quero soar crítico ou chatinho metido a do contra - até pq tbm tô em uma penca de ministerios que tomam tempo considerável, além de morar pertinho da igreja - , mas é fato: Jesus passou praticamente tempo nenhum dentro dela. To buscando cada vez mais viver essa dialética de estar nela e fora dela, pq quatro paredes são perigo constante. A vida social de Jesus era praticamente toda com a galera que "não prestava" na época - e isso é muito sério pra nós hoje. Pra você e pra mim que trabalhamos com jovens dentro da igreja.

Anônimo disse...

Nossa voçê disse que passou 8 da matina até 10 da noite?vc nao trabalha naum?eu gostaria de poder fazer mais coisas na igreja,pena que eu trabalho,as vezes nao da pra ir nem nos cultos da semana

fred

barbara disse...

Gostei daqui, estou te linkando no meu blog..
se quiser aparece lá...

paz em Jesus!!